XAMPP 1.6.6a

20-xampp-logo-trio.jpg

Quando se desenvolve conteúdos web, as diversas tecnologias usadas exigem determinados programas para as correr.

Para construir os suportes temos de ter uma base de teste, base essa que terá todo o interesse em possuir o mesmo ambiente que o servidor onde o projecto web será alojado (mesmo que num sistema operativo diferente).

Licença: Freeware
Sistemas Operativos: Windows/Linux/Mac/
Download: XAMPP 1.6.6a [34.02MB]
Homepage: XAMPP

Leia tudo…

    Para recriarmos um espaço típico de um servidor web temos de instalar algumas ferramentas. E é aqui que entra o XAMPP.

    Este programa permite instalar de uma só vez o Apache, o PHP e o MySQL. Isto tudo num único processo de instalação, de forma rápida. E tanto em sistemas Linux, Windows, Mac OSX como em Solaris.

    Existem diversos pacotes de aplicações como este, que instalam tudo o que precisamos para iniciar a programação em PHP.

    Ao instalar o XAMPP estará a instalar simultaneamente os seguintes pacotes:

    * Apache HTTPD 2.2.8 + Openssl 0.9.8g
    * MySQL 5.0.51
    * PHP 5.2.5
    * PHP 4.4.8 (RC2)
    * phpMyAdmin 2.11.4
    * FileZilla FTP Server 0.9.25
    * Mercury Mail Transport System 4.52

    Basicamente temos um servidor web, temos uma base de dados, temos um servidor FTP, um servidor de correio electrónico, um …, vocês sabem do que me refiro.

    Naturalmente que estes pacotes podem ser instalados ou não, dependendo do cenário que pretendemos. E mesmo assim, caso os instalemos eles só arrancam como serviço se o pretendermos e quando pretendermos.

    Na pratica a simplicidade de instalação desta ferramenta resume-se a dois pontos. Onde quer instalar e o que quer instalar. Nada mais é pedido.

    Após a instalação somos presentados com uma aplicação que é um verdadeiro painel de controlo do XAMPP. Onde definimos que serviço queremos arrancar, se o queremos a arrancar como serviço do Windows, entre outras coisas.

    Basta então ordenarmos ao nosso XAMPP que arranque o SQL e o Apache (se isso vos bastar!). Quando a indicação de “Running” aparecer a verde está tudo feito!

    Abram o vosso browser, coloquem o endereço http://localhost na barra de endereço do vosso browser de eleição e comecem a explorar o vosso novo Webserver.

    Dentro do que foi iniciado têm um conjunto de ferramentas e exemplos que podem usar para começar a mexer e a afinar o vosso webserver de bolso.

    E claro, é uma excelente base de trabalho para aplicarem os conhecimentos que vos forem sendo passados sobre PHP.

    Apenas uma dica que é util. Usem a aplicação xampp-portcheck.exe para verificarem se não existe uma outra aplicação a usar os portos que precisam para o XAMPP. tipicamente os portos 80 (HTTP), 81 (WebDAV), 443 (HTTPS), 3306 (MySQL), 21 (FTP), 25 (SMTP), 110 (POP3) e 143 (IMAP). Dou-vos esta dica porque, no meu caso o Skype estava-me a “roubar” a porta 80 e foi necessário alterar essa configuração no Skype.

    Eu uso e gosto, agora é a vossa vez!

Copie abaixo o código do Post e cole no seu Blog.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: